Artigos

8 dicas para contratar um bom coach executivo

A busca pelo crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional tem sido a grande máxima dos últimos anos no mundo corporativo e, por isso, a procura por Coaching Executivo tem crescido assustadoramente. Mas a escolha inadequada de profissionais pouco habilidosos pode colocar tudo a perder.

Como tenho sido constantemente questionada sobre como contratar um profissional adequado, reuni oito dicas que vão ajudá-lo a tomar os devidos cuidados e direcioná-lo a escolhas mais assertivas na contratação de profissionais que possam ajudá-lo efetivamente.

*Coaching é um processo criativo que deve inspirá-lo a maximizar seu potencial pessoal e profissional - Por isso, verifique se o Coach que está contratando tem a clareza em diferenciar terapia, consultoria, mentoria (mentor) ou treinamento, que são processos completamente direfentes e com outros objetivos. Profissionais exemplares explicam claramente essa diferença no início do processo.

*O Coach não deve ser visto como um amigo para "bate-papo" - Ele tem, sim, o papel de facilitador do seu processo de crescimento, mas não é ele que vai dizer o que deve ou não fazer e nem deve lhe dar conselhos. Seu papel é de fazê-lo pensar e refletir a respeito do que você precisa alcançar.

*Se o Coach lhe der mais respostas do que lhe fizer perguntas, não é o profissional mais adequado para ajudá-lo - O papel do coach é estimulá-lo a ter novas ideias e reflexões.

*O profissional de Coaching deve ser muito cuidadoso, acreditar no ser humano, no crescimento pessoal e acima de tudo cuidar da sua privacidade - Nada do que é dito no "set do coach" deve ser comentado fora desse cenário.

*Verifique se ele é capaz de ajudá-lo a estabelecer e manter "foco" - Sem isso vocês não chegarão a lugar algum.

*Procure conhecer o Coach antes de iniciar o processo - Se a empatia com ele não for quase imediata, procure outro profissional. Você só conseguirá obter resultados se confiar no profissional, se ele transparecer confiança e se conseguir trazer luz e novas perspectivas ao seu caminho.

*O profissional de coaching deve utilizar ferramentas e técnicas claras e objetivas para levá-lo a aprimorar suas habilidades, sua forma de pensar e tomar decisões a fim de que desenvolva mais segurança e confiança para executar seu trabalho, ajudando seu processo de escolha.

*Verifique a formação do profissional – Se está vinculado a instituições sérias (como ICF*, por exemplo) e quanto tempo tem de experiência na área. Infelizmente, alguns profissionais fazem um curso de fim de semana e se consideram coaches profissionais. Será que ele tem mesmo destreza e experiência para conduzir seu processo?

Conclusões

Segundo a última pesquisa da ICF*, uma maioria esmagadora, 82,7% dos indivíduos que tiveram ajuda de coaches profissionais bem capacitados relataram estar "muito satisfeitos" com a experiência, e 96,2% disseram que continuariam com o processo de coaching. Se essas oito dicas forem levadas a sério você terá a chance de experienciar um dos processos mais ricos e positivos para o seu crescimento como pessoa e profissional e passar a fazer parte desses números.

Além de aumentar a autoestima e confiança, os executivos que passam pelo processo afirmam ter alcançado um impacto positivo nos relacionamentos, aprimoramento da habilidade de comunicação, melhora no desempenho e equilíbrio mais adequado entre trabalho e vida pessoal.

Telefone: +55 (41) 3343.2819
Email: [email protected]